MundoNegócios

15 países com mais mão de obra robotizada

A ascensão das máquinas começou de verdade. Dados da Federação Internacional de Robótica revelam que o ritmo da automação industrial está acelerando em grande parte do mundo desenvolvido, com uma média de 66 robôs industriais instalados a cada 10 mil funcionários em todo o mundo, em 2015. Apenas um ano depois, esse índice aumentou para 74. A Europa tem uma densidade maior, de 99 máquinas para cada 10 mil trabalhadores , enquanto nas Américas o número está em 84 e, na Ásia, em 63. A China é um dos países que registra os maiores níveis de crescimento em automação industrial, mas em nenhum outro lugar há tantos robôs quanto na Coreia do Sul.

Em 2016, o parque industrial sul coreano contava com 631 robôs a cada 10 mil funcionários. Isso se deve, principalmente, à instalação contínua das máquinas de alto volume nos setores das indústrias eletrônica e de manufatura. Cerca de 90% dos robôs de Singapura – país que aparece na 2ª posição, com 488 aparelhos – atuam na fabricação de produtos eletrônicos. A Alemanha e o Japão, conhecidos por suas indústrias automotivas, também possuem uma grande concentração de robôs – mais de 300 cada um. Curiosamente, o Japão é um dos principais representantes da robótica industrial, respondendo por 52% da oferta global.

Nos Estados Unidos, o ritmo de automação é mais lento, com uma taxa de densidade de 189. A China espera expandir seu nível de robotização nos próximos anos, visando um lugar entre os dez primeiros países neste quesito até 2020. O número de robôs aumentou de 25 unidades, em 2013, para 68 em 2016. O Brasil ocupa a 39ª posição do ranking, com apenas 10 robôs a cada 10 mil funcionários.

 

Fonte: Forbes

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close