Saúde

Bebê de um ano morre de H1N1 em Salvador; caso é o 11º óbito pela doença na capital baiana

Um bebê de um ano que estava internado no Hospital Santo Antônio, em Salvador, morreu no último final de semana, em decorrência da gripe H1N1, de acordo com a Secretaria de Saúde do Município (SMS). A causa da morte foi confirmada na quinta-feira (17).

Com este caso, sobe para 11 o número de mortes por H1N1 na capital baiana. Na Bahia, 16 pessoas já morreram pela doença. Além de Salvador, foram registrados óbitos em Camaçari (1), Lauro de Freitas (1), Retirolândia (1), Saúde (1) e Serrinha (1).

Ainda segundo a SMS, menos de 36% das crianças procuraram os postos de saúde na capital até a quinta-feira. Com o objetivo de aumentar a cobertura da vacina, a secretaria informou que intensificará as ações a partir desta sexta-feira (18). Além das 126 salas de vacina funcionando nos postos de saúde tradicionais, será ampliada a busca do público alvo em abrigos, creches, escolas, hospitais e maternidades do município.

Para atender a idosos acamados, o familiar deverá realizar o agendamento na unidade de saúde mais próxima de sua casa, a fim de que os profissionais possam ir até o local fazer a imunização. É necessário apresentar documento de identificação, cartão SUS e comprovante de residência.

Iniciada no dia 23 de abril, a campanha de vacinação já imunizou cerca de 322 mil indivíduos, o que corresponde a 53% de cobertura.

A campanha, que segue até 1º de junho, tem a meta de vacinar pelo menos 90% das 541.451 pessoas que compõe a população alvo na capital, conforme recomendo pelo Ministério da Saúde. Os postos da capital funcionam de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h às 17h.

 

Fonte: G1

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close