Feira de Santana

Feira de Santana poderá implantar centro para tratar lesões ósseas na anemia falciforme

Doença atinge população afrodescendente

Com vistas a implantar em Feira de Santana um Centro de Terapia Celular no Tratamento de Lesões Ósseas na Anemia Falciforme, o prefeito Colbert Martins Filho recebeu, na manhã desta sexta-feira, 18,  o professor Gildasio Daltro, titular da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O programa, de acordo com o catedrático consiste em promover tratamento  das alterações ósseas de cartilagem e traumas com o uso da célula-tronco, e está interligado à Universidade de Paris e à Comunidade Europeia.

Considerando os benefícios e o alcance deste projeto, o  prefeito Colbert Martins solicitou do professor Gildasio Daltro um pré-projeto com vistas a implantar um similar na rede publica de saúde do Munícipio, contando com a cooperação dos ministérios da Saúde e Ciência e Tecnologia.

A Anemia Falciforme acomete  predominantemente  os afrodescendentes, que na Bahia representam  80% da população. 15% são portadores da doença, e, deste universo, 45% têm lesões ósseas subdiagnosticadas ou ignoram o problema.

Fonte: Secom

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close