Bahia

Pequenas instituições atraem doadores via Nota Premiada Bahia

Doações de notas fiscais, antes feitas com cupons em papel, agora acontecem on-line, bastando que o participante escolha a instituição de sua preferência ao se cadastrar no www.notapremiadabahia.ba.gov.br.

Ações de engajamento para atrair doadores de notas fiscais do consumidor eletrônicas e ampliar os ganhos com o programa Sua Nota é um Show de Solidariedade já se tornaram rotina para as grandes instituições filantrópicas baianas, como as Obras Sociais Irmã Dulce, a Apae-Salvador, o Hospital Aristides Maltez e o Hospital Martagão Gesteira. A novidade é que as pequenas também estão se mobilizando: de acordo com as novas regras, basta que, ao se cadastrar na campanha Nota Premiada Bahia, o participante escolha até duas instituições para apoiar, e a partir daí estas passam a ser beneficiadas com a doação automática das notas a cada compra com registro do CPF.

O WhatsApp e o bom e velho boca a boca foram os expedientes utilizados pelo Abrigo São Gabriel para Idosos de Deus, localizado no bairro de Boa Viagem, em Salvador, para alcançar uma marca importante: a despeito do pequeno porte, já reúne 10.261 apoiadores e está no grupo intermediário entre as instituições mais lembradas pelos participantes da Nota Premiada Bahia. Para se ter uma ideia, a líder do ranking, as Obras Sociais Irmã Dulce, reúne 67.649 apoiadores.

O fundador e presidente do Abrigo, Irmão Gabriel, explica que vem apresentando a campanha às pessoas presentes em eventos organizados pela instituição, nos quais há sempre um funcionário com um computador para fazer o cadastro. Ações que se mostraram bem sucedidas, mesmo tendo de lidar com uma dificuldade: “80% do nosso público é idoso e tem dificuldade para se cadastrar, além de ter receio de informar o CPF”, conta.

Localizada no bairro do Imbuí, a Associação Beneficente Metropolitana (ABM) já conseguiu atrair 3.782 doadores por meio de ações de cadastramento, distribuição de panfletos em eventos, disponibilização de banner explicativo no site e comunicação boca a boca. “Montamos uma estrutura para explicar como funciona a campanha e ajudamos as pessoas a realizar o cadastro na hora”, conta Carluce Lobo, assistente administrativo-financeiro da Associação.

O Instituto de Cegos da Bahia (ICB), também localizado em Salvador, já conseguiu por sua vez 2.276 doadores com ações semelhantes. “Nós informamos aos nossos colaboradores sobre a importância do apoio, distribuímos panfletos em eventos e pedimos para que eles contribuíssem como doadores. Além disso, preparamos nossas recepcionistas para apresentar a campanha aos usuários dos nossos serviços“, explica o assistente de Comunicação, Adoliran Medrado.

 

Urna virtual

Hoje, participam do programa Sua Nota é um Show de Solidariedade 674 instituições, localizadas em 132 municípios baianos. Até 2017, as doações eram feitas com cupons em papel depositados em urnas de cada instituição instaladas nos estabelecimentos comerciais. A doação on-line, de acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba), democratizou o processo.Cada instituição passou a ter a sua própria urna digital, inteiramente online. Isso é especialmente benéfico para as pequenas instituições, que podem ser apoiadas por pessoas de todo o Estado, sem restrições territoriais e financeiras.

Esse modelo de doação já foi posto em prática com êxito em outros estados, que também têm programas de apoio a instituições sociais mediante doação de notas fiscais. Além de não haver mais necessidade de acumular notas em papel, no novo formato as instituições têm mais liberdade para utilizar os recursos, com a mudança da regra que exigia a elaboração de planos de trabalho: foi adotado um modelo mais flexível de aplicação dos recursos arrecadados a partir das notas compartilhadas pelos doadores.

Outra vantagem é que, quando o participante escolhe duas instituições para apoiar – uma na área social e outra na de saúde – cada compra registrada vale duplamente: as entidades ganham a mesma pontuação a cada nota. A mudança nas regras de captação das notas veio junto com a Nota Premiada Bahia, que sorteia entre os consumidores baianos cadastrados dez prêmios mensais de R$ 100 mil e ainda prêmios especiais de R$ 1 milhão.

As instituições, entretanto, precisam estar em dia com suas certidões junto ao FGTS e ao INSS, como determina a legislação, para fazerem jus à premiação nesta nova etapa do Sua Nota é um Show de Solidariedade.

 

Cadastramento no SAC

A campanha conta hoje com 325 mil participantes. Para participar, além de se cadastrar nowww.notapremiadabahia.ba.gov.br, é preciso inserir o CPF na nota a cada compra realizada em estabelecimentos que emitam a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e), documento fiscal de fácil identificação por conter o QR-Code, código de barras em formato quadrado.

Entre outras iniciativas adotadas pelo Governo do Estado para disseminar a Nota Premiada Bahia está o suporte, por meio da rede do SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) na capital e no interior, aos cidadãos interessados em participar. A Sefaz-Ba ressalta, no entanto, a importância de que as próprias instituições se mobilizem para atrair doadores, levando em conta que muitas pessoas ainda não têm conhecimento da nova forma de apoiar.

 

Fonte: Ascom / Sefaz-Ba

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close