BrasilEconomia

Tarifa social de energia vai custar R$ 742 mi por ano, diz a Aneel

A medida deve ter um impacto de 0,5% na cobrança

Aprovada pela Câmara dos Deputados, a isenção nas contas de luz de famílias mais pobres deverá aumentar a tarifa de energia do consumidor em R$ 742 milhões, um impacto de 0,5% na cobrança, segundo a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

A medida faz parte do projeto de lei que destrava a venda de distribuidoras da Eletrobras, aprovada pela Câmara e que segue para o Senado, provavelmente em agosto.

A CDE (Conta de Desenvolvimento Energético), inclusa na cobrança de energia, prevê uma tarifa social. O projeto prevê uma ampliação do benefício, que o elevaria de R$ 2,28 bilhões por ano para R$ 3,02 bilhões por ano.

Fonte: Agência Brasil

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close