Brasil

PRF prende mulher com 2 mil diamantes escondidos na calcinha

Segundo a corporação, a mulher, uma fisioterapeuta de 41 anos, confessou aos policiais, antes de ser revistada, que levava na calcinha, envelopes com 1.930 diamantes.

Um casal foi detido pela Polícia Rodoviária Federal com cerca de duas mil pedras preciosas nesta sexta-feira (19), na BR-364, em Vilhena, no estado de Rondônia. Segundo a corporação, a mulher, uma fisioterapeuta de 41 anos, confessou aos policiais, antes de ser revistada, que levava na calcinha, envelopes com 1.930 diamantes.

A PRF informou ao Estadão que as pedras foram extraídas ilegalmente da Reserva Roosevelt, que pertence a União.

O nervosismo do casal despertou os policiais durante a abordagem a uma caminhonete Chevrolet S-10. A caminhonete era conduzida por um pedreiro, de 65 anos.

O casal contou à Polícia que havia comprado as pedras na cidade de Ji-Paraná por R$ 300 mil. O destino final seria Foz do Iguaçu, no Paraná, onde as pedras seriam negociadas.

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close