Esportes

Na estreia de Carlos Amadeu, Vitória bate o Paraná por 2 a 0 no Barradão

Com o resultado, o rubro-negro deixa, momentaneamente, a zona de rebaixamento com 14 pontos

Empurrado pela torcida, o Vitória venceu o Paraná neste sábado (10), por 2 a 0, no Estádio Manoel Barradas. Além do reencontro do time com o triunfo, a partida marcou a estreia de Carlos Amadeu como técnico efetivo do Leão, que chegou a comandar o Vitória em outras oportunidades, mas como interino.

Os gols da partida foram marcados pelo equatoriano Jordy Caicedo, que estreou hoje como titular, e pelo garoto Wesley, ambos na primeira etapa.

Com o resultado, o rubro-negro deixa, momentaneamente, a zona de rebaixamento com 14 pontos conquistados. No entanto, pode ser passado ainda essa rodada por Criciúma e Guarani, que entram em campo neste domingo.

O próximo confronto do time comandado por Amadeu será no domingo (18), às 16h, contra o CRB, no Réi Pele, em Maceió.

O JOGO

A primeira chance de gol da partida foi do Vitória. Logo nos primeiros segundos de jogo, Chiquinho pressionou Eduardo Bauermann, conseguiu tocar na bola e por pouco ela não encobriu Thiago Rodrigues.

Dois minutos depois, Gedoz limpou dois adversários e bateu firme, porém no centro do gol.

A resposta do Paraná veio aos 8 minutos. Ramon conseguiu dar uma “casquinha” após tiro de meta e acionou Rodrigo Porto, que invadiu a área e bateu para fora.

Aos 13, foi a vez de Martin Rodrigues aparecer. Dentro da área, Ramon bateu de primeira, exigindo uma excelente defesa do arqueiro do Leão.

Por pouco o Paraná não abre o placar aos 18 minutos. João Pedro cobrou falta na área, Everton Sena desviou de cabeça e quase marcou contra.

Aos 25, Capa cruzou na área, a defesa paranista não consegue afastar e a bola caiu nos pés de Jordy Caicedo, que, em sua estreia como titular, fuzilou a meta de Thiago Rodrigues.

O segundo gol do rubro-negro baiano saiu aos 39 minutos. Anselmo Ramon pressionou a saída de bola do Paraná e cruza para Wesley. O atacante tentou primeiro de cabeça, mas o goleiro Thiago fez a defesa, mas no rebote o camisa 11 do Leão empurrou para o fundo das redes.

Segundo tempo

A primeira chance de gol da segunda etapa foi do time visitante.  Guilherme Santos apareceu de surpresa na pequena área e aproveitou cruzamento de Fernando Neto para dar uma cabeçada em direção ao gol, mas a bola sai pela linha de fundo.

Aos 15, Felipe Gedoz arriscou a cobrança de falta lá do meio da rua, mas a bola passou perto da meta defendida pelo goleiro do Paraná.

Minutos depois, Rodrigo Porto levou pela esquerda, conseguiu vencer a marcação de Capa e cruzou na cabeça de Alesson, que mandou muito perto do gol.

Aos 37, Felipe Gedoz bateu firme e mandou pela linha de fundo.

No lance seguinte, Fernando Neto arriscou da entrada da área e obrigou Martín Rodríguez a fazer uma bela defesa.

No último lance da partida, Matheus Rocha soltou a pancada e obrigou Thiago Rodrigues a fazer grande defesa. Na volta, a bola sobrou com Eron, que chutou com muita categoria e carimba a trave.

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close