Feira de Santana

Defesa Civil Municipal espera, até terça, posição sobre escoramento do Edifício Sarkis

Engenheiros da Prefeitura e também contratados especialmente para atuar no caso do Edifício Sarkis, no centro de Feira de Santana, vão permanecer monitorando o prédio, neste fim de semana. Desde o sábado anterior, o imóvel é alvo da atenção dos técnicos, ao ser descoberto um deslocamento da marquise na área lateral em frente ao Mercado de Arte Popular e diante das barracas de vendedores ambulantes na rua Sales Barbosa.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, órgão da Prefeitura vinculado a Secretaria de Prevenção a Violência e Promoção dos Direitos Humanos, deverá ser finalizado até terça-feira o trabalho de sondagem (análise do solo), importante para o diagnóstico do problema que ocasionou a instabilidade do edifício, construído nos anos 1960 e que é alugado para lojas, centro médico, etc.

No fim de semana, toda a atenção estará voltada para a hipótese de chuva forte na cidade. “Estaremos em monitoramento permanente da estrutura. Embora tudo indique estabilidade, vamos continuar observando todo o fim de semana”, informa o titular da Defesa Civil, Pedro Américo.

Ainda não há previsão para apresentação de um relatório final sobre a situação estrutural do prédio. Além da sondagem, uma empresa especializada deverá efetuar ali uma análise das suas fundações.

Até terça, no entanto, é possível que se chegue a uma conclusão quanto a um trabalho de escoramento do edifício, o que poderá possibilitar avanços na liberação da área para atividades comerciais ou mesmo a redução do espaço hoje interditado. Também há a expectativa da criação de um corredor, em frente as paredes laterais do Mercado de Arte Popular, permitindo o trânsito de pessoas e o acesso ao comércio da Sales Barbosa.

 

Fonte: Secom Feira de Santana

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close