Feira de Santana

Casamento Coletivo oficializa direitos de 200 famílias em Feira de Santana

Em sua 18ª edição o Casamento Coletivo do Programa Família Cidadã oficializou os direitos civis de 200 famílias, na manhã desta quinta-feira,  07. A solenidade, promovida pelo Governo do prefeito Colbert Martins Filho, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, em parceria com a Justiça,  foi realizada no Sesi do Alto do Cruzeiro,  lotando a quadra poliesportiva.

Ao abrir a cerimônia, animada pela cantora Letícia Brasil, o prefeito Colbert Martins Filho ressaltou a importância do momento, por assegurar os direitos dos casais e de seus descendentes. “Hoje o dia para vocês começa com as pessoas mais importantes que vocês têm em suas vidas. E o casamento é um gesto de fortalecimento da família pela regularização da vida de vocês”, afirmou.

Já o secretário de Desenvolvimento Social,  Pablo Roberto Gonçalves,  informou que a cerimônia envolveu mais de 1.500 pessoas, dentre casais, testemunhas e convidados.

O programa já oficializou a união matrimonial de mais de 3 mil casais ao longo dos 18 anos de implantado pelo Governo Municipal. E o resultado tem sido a garantia da inclusão social para famílias que não dispõem de condições financeiras para arcar com as despesas.

Em nome da justiça, o juiz de Direito Pedro Isidório aconselhou os casais a serem tolerantes uns com os outros. Ele lembrou que a incompatibilidade de gênio é o que mais tem provocado divórcios e que para que isto não ocorra, é preciso “ser paciente, as vezes o parceiro ceder e se colocar no lugar do outro”.

Durante a solenidade no civil, realizada por juízes, também a realização de culto ecumênico,  com as presenças de Mãe Graça representando as religiões de matrizes africanas; Edmara Nascimento, espírita; João Bosco, representando a Igreja Católica e Valdivan Nascimento, os evangélicos.

Casamento Coletivo garante direitos e resgata tradições 

Em sua 18ª edição, o Casamento Coletivo do Programa Família Cidadã, além de garantir direitos, também promoveu o resgate de tradições que estavam se perdendo ao longo do tempo.

Antes de trocar o “sim”, os 200 casais que participaram do Casamento Coletivo,  na manhã desta quinta-feira,  07, na quadra poliesportiva do SESI,  no Alto do Cruzeiro,  tiveram uma experiência inesquecível,  que certamente vai marcá-los por toda a vida. Deram uma pausa na cerimônia para dançarem uma valsa exclusiva entre os noivos, um momento ímpar que surpreendeu a todos os convidados.

O baile foi coordenado pelo professor de dança Paulo Rangel, dando maior brilho ao momento histórico. E os casais pareciam deslizar suavemente por uma passarela, tomando conta da pista de acesso às mesas onde os juízes os aguardavam para oficialização matrimonial.

Já durante a cerimônia, ao assinarem os documentos, acompanhados dos padrinhos, os casais também receberam um bolinho “bem-casado”, outra tradição que enriquecem detalhes cerimônia.

E para guardar os momentos do Casamento, promovido gratuitamente pelo Governo do prefeito Colbert Martins Filho em parceria com a Justiça, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) também registrou e deu gratuitamente uma foto instantânea para casa casal.

 

Fonte: Secom Feira de Santana

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close