Esportes

Bahia sai na frente, mas perde de virada para o Flamengo no Maracanã

Na noite deste domingo (10), o Bahia enfrentou o Flamengo no Maracanã. Buscando explorar os espaços deixados pelo Rubro-Negro Carioca, o Bahia saiu na frente com Willian Arão contra, no entanto, não conseguiu segurar e foi derrotado pelo placar de 3 a 1.

Os gols do Flamengo foram marcados pela revelação da base Reinier e as duas grandes estrelas da equipe no ano, Bruno Henrique e Gabigol.

Com o resultado, o Bahia manteve a 9° colocação, com 43 pontos, enquanto o Flamengo chegou aos 77 pontos, abriu 10 do segundo colocado, Palmeiras, e colocou uma mão na taça da Série A do Campeonato Brasileiro.

No próximo domingo, o Bahia volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro. A partida vai acontecer às 16h, contra o Palmeiras, na Arena Fonte Nova.

PRIMEIRO TEMPO

A primeira boa chegada foi do Bahia. Ligado no jogo, aos dois minutos Douglas deu bom passe para Artur, que viu Nino Paraíba em boa posição. O lateral-direito tricolor cruzou na área e a zaga do Flamengo colocou para escanteio. A resposta do Flamengo veio aos cinco minutos. Após lançamento de Gerson, Gabigol invadiu a área e finalizou para defesa de Douglas, no entanto, a arbitragem marcou impedimento.

Aos oito minutos, Everton Ribeiro chutou de fora da área. A bola contou com desvio e passou perto do gol tricolor. No lance seguinte, Willian Arão tentou de calcanhar e a bola ficou com Douglas. Aos 17′, Gerson finalizou de fora, com mais um desvio, a bola acabou indo para escanteio. Na cobrança curta, a bola foi cruzada para mais uma participação de Douglas.

Aos 24, Flávio tentou surpreender Diego Alves de longe, mas a bola ficou tranquila com o goleiro do Flamengo. No minuto 38, o Bahia abriu o placar. Em cruzamento de Nino e finalização de Élber, Diego Alves fez grande defesa, na volta, Willian Arão tenta cortar e acaba empurrando a bola contra o gol. Flamengo 0 x 1 Bahia. Aos 45, Gabriel invadiu a área do Bahia e finalizou, Douglas caiu tranquilamente para defender.

No minuto 47, Vitinho fez boa jogada pela ponta esquerda e cruzou, Gerson cabeceou para mais uma defesa de Douglas. Fim de papo na primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO

O Flamengo voltou buscando o resultado. Antes do primeiro minuto, Gabigol tentou encontrar Bruno Henrique na área, mas a zaga do Bahia mandou para escanteio. Aos três, o Bahia acertou um grande contra-ataque, mas Juninho finalizou para fora. No minuto seguinte, Everton Ribeiro tentou cruzamento para Reinier, mas a bola passou por toda extensão da área tricolor e saiu em lateral.

Aos oito minutos, o Flamengo empatou o jogo. Após passe de Everton Ribeiro, Gabigol encontrou Reinier na marca do pênalti. De cabeça, a cria da Gávea estufou as redes de Douglas. Flamengo 1 x 1 Bahia. Aos 13, grande chance para o Bahia. Após boa jogada de João Pedro, Nino Paraíba chutou para o gol, Rodrigo Caio desviou e a bola foi para escanteio.

Aos 17, quase a virada. Willian Arão finalizou da entrada da área e a bola passou com muito perigo. No minuto 21, mais uma grande oportunidade. Em cruzamento, a bola sobrou para Reinier, que saiu na frente de Douglas, mas não conseguiu controlar a bola antes de finalizar.

Aos 26 minutos, aconteceu a vidada. Após cruzamento na área e passe de Gabigol, Bruno Henrique tocou com tranquilidade para o fundo das redes do Bahia. Flamengo 2 x 1 Bahia. O terceiro gol do Flamengo saiu aos 42. Após cobrança de falta de Arão, a bola bate na trave e sobra para Gabigol, que empurra pra rede com o gol vazio.

Flamengo x Bahia
Série A – 32ª rodada

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10/11/2019
Horário: 18h
Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN). Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Jean Márcio dos Santos (RN). VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG), assistido por Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG) e Flávio Gomes Barroca (RN).
Cartões Amarelos: Piris da Motta, Bruno Henrique (Flamengo)
Cartões Vermelhos:
Gols: Reinier, Bruno Henrique e Gabigol (Flamengo); Willian Arão contra (Bahia)

Flamengo
Diego Alves, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Piris da Motta), Everton Ribeiro e Vitinho (Reinier); Bruno Henrique (Diego) e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.

Bahia
Douglas; Nino, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e João Pedro (Guerra); Artur, Élber (Rogério) e Gilberto (Arthur Caíke). Técnico: Roger Machado.

Fonte: Galáticos

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close