EducaçãoJustiça

Justiça impede divulgação de resultados no Sisu

O último dia para os candidatos decidirem a qual curso querem se candidatar é este domingo

A Justiça Federal em São Paulo determinou a suspensão da etapa de seleção do Sisu após o fim do período de inscrição, que ocorre amanhã (26). A decisão é fruto de um pedido da Defensoria Pública da União.

A DPU solicitou a suspensão devido aos erros no cálculo da nota do Enem de cerca de 6 mil candidatos, revelados neste mês, após a divulgação dos desempenhos individuais.

A decisão da Justiça determina ainda que o Inep, instituto responsável pelo Enem, comprove em um prazo de cinco dias que a revisão das notas em que foram identificadas incosistências foi considerada para a readequação das notas de todos os candidatos ao exame e que todos os participantes que requisitaram a revisão tiveram seus gabaritos verificados e obtiveram uma resposta.

O juiz responsável pela decisão, Hong Kou Hen, indeferiu pedido da Defesonria para adiar o encerramento das inscrições. Ele explica em sua decisão que apenas a decisão após essa etapa deve ser suspensa, o que vai impedir a divulgação da lista dos aprovados.

O juiz Hong Kou Hen indeferiu pedido da Defensoria para prorrogar o período de inscrições. Segundo sua decisão, apenas a seleção após essa etapa deve ser suspensa, o que impedirá a divulgação da lista de aprovados.

 

Fonte: Metro 1

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close