Esportes

Nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal, Bahia vence o Fortaleza e vai a final da Copa do Nordeste

Tricolor baiano enfrenta na final o Ceará, que mais cedo eliminou o Vitória.

A final da Copa do Nordeste 2021 será uma reedição da decisão de 2020. Na noite deste sábado, no Castelão, o Bahia eliminou o Fortaleza nos pênaltis por 4 a 2, após um empate em 0 a 0 no tempo regulamentar, e garantiu o direito de disputar a taça do regional pelo segundo ano consecutivo. Assim como na última temporada, o adversário será o Ceará, que bateu o Vitória mais cedo pelo placar de 2 a 0.

Primeiro tempo

Fortaleza e Bahia já haviam se enfrentado duas vezes em 2021, com uma vitória para cada lado. Pelos duelos recentes, a semifinal ganhou um tom extra de rivalidade. No terceiro embate do ano, o time baiano começou com mais posse, mas o Tricolor cearense foi mais perigoso e esteve perto de marcar um golaço com Wellington Paulista, que viu Matheus Teixeira adiantado e arriscou quase do meio-campo. Com um time mais criativo, o Bahia subiu de produção e buscou pressionar, principalmente pela direita, com Rossi, que perdeu pelo menos três chances, uma delas com a finalização no travessão. Já o Fortaleza, escalado com três volantes, ficou sem saída de bola e tentou apostar nos contragolpes, tendo David como principal arma. Ao fim de 45 minutos, o time baiano foi melhor, mas o placar ficou zerado.

Segundo Tempo

Após o intervalo, a dinâmica de jogo seguiu parecida. O Bahia tinha a bola e pressionava o Fortaleza, que tentava a recuperação no campo defensivo para sair em velocidade no contra-ataque. Rossi, inclusive, seguiu como homem mais perigoso do time baiano, mas desperdiçou as chances que teve até ser substituído. Nos minutos finais, as equipes passaram a arriscar menos. Felipe Alves chegou a fazer cera para que o jogo terminasse. O empate em zero a zero levou a decisão para a disputa de pênaltis.

Disputa de pênaltis

O Bahia levou a melhor na disputa de pênaltis por 4 a 2. Bruno Melo e Robson desperdiçaram as cobranças pelo Fortaleza, enquanto Lucas Crispim e Ederson acertaram o alvo. No Tricolor baiano, Juninho Capixaba perdeu, mas viu Gilberto, Galdezani, Rodriguinho e Conti balançarem as redes.

A disputa de pênaltis transformou Matheus Teixeira em um herói de última hora. O goleiro foi escalado como titular após Douglas Friedrich testar positivo para Covid-19. Reserva imediato, Mateus Claus se recupera de lesão, o que abriu espaço para o jovem de 22 anos atuar neste sábado. Ele pegou as cobranças de Bruno Melo e Robson.

 

 

Fonte: Globo Esporte

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios