Brasil

Garis ajudam a encontrar pasta com cerca de R$ 40 mil que tinha sido jogada no lixo

Por engano, dono de loja colocou o objeto em que guardou o dinheiro numa lixeira.

Um grupo de garis ajudou a recuperar uma pasta com cerca de R$ 25 mil em dinheiro e R$ 15 mil em cheques que tinha sido jogada no lixo, em Alexânia, no Entorno do Distrito Federal. Por engano, o dono de uma loja colocou o objeto na lixeira. Ao perceber o erro, ele correu atrás do caminhão da coleta e avisou a equipe, que descarregou o lixo e abriu sacola por sacola até encontrar o dinheiro.

O caso aconteceu na última sexta-feira (30). Segundo a prefeitura, o dono do dinheiro, que é proprietário de uma loja de materiais de construção, contou que juntou o faturamento da empresa em uma pasta e a jogou, sem perceber, dentro de uma lixeira do escritório.

Um funcionário da loja, que não quis se identificar, relatou que passou para recolher o lixo pela empresa e não notou que havia a pasta com R$40 mil. Depois, outro colega colocou todo o material a ser descartado na lixeira que fica do lado de fora da empresa. Em seguida, o caminhão da coleta recolheu o lixo e seguiu a rota.

Quando o empresário se deu conta do que tinha acontecido, ele pegou o carro e correu atrás do caminhão, que já estava quase chegando em um aterro sanitário, onde o lixo seria misturado e prensado.

Após explicar o que tinha acontecido, os garis se dispuseram a ajudar e começaram a revirar o lixo. Deyvid, que trabalha há dez anos na área, disse que ficou orgulhoso por encontrar o dinheiro.

O motorista do caminhão também achou gratificante poder ajudar. “O que é da gente é da gente, o que é dos outros é dos outros. Não adianta a gente querer usufruir do que é dos outros”, ressaltou Aldinei.

O funcionário da loja disse que o gesto de honestidade comoveu a equipe da empresa.

Fonte G1/GO

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios