Combate Covid-19Feira de Santana

Feira: infectologista destaca a importância de manter o uso da máscara

Apesar da redução de casos, população não deve relaxar

Há pouco mais de um ano, Feira de Santana vivencia redução e aumento dos casos da Covid-19. Isso faz com que a população se acostume e relaxe com os cuidados preventivos, como uso da máscara e higienização das mãos. A observação é da infectologista Melissa Falcão.

“O uso da máscara é indispensável, principalmente onde não é possível manter uma distância mínima de outras pessoas. Além disso, a higiene das mãos deve ser feita com água e sabão, quando puder. Já o álcool deve ser usado sempre que não puder lavar”, orienta a infectologista, que também é coordenadora do Comitê Gestor Municipal de Controle ao Coronavírus.

Ainda de acordo com a médica, outras medidas de proteção continuam sendo essenciais para diminuir a transmissão do vírus, como o distanciamento social de, no mínimo, dois metros.

Para diagnosticar a doença, a Prefeitura de Feira descentralizou a realização do exame RT-PCR – que analisa amostra de secreção nasal ou oral, 99,8% seguro – em 14 locais. São sete policlínicas, duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), quatro unidades de saúde e um drive-thru na sede da Secretaria Municipal de Saúde.

As unidades de saúde localizadas no Centro de Saúde Social Urbano (CSU) e Rua Nova/Barroquinha atendem por ordem de chegada, das 8h às 12h. Já no turno da tarde, é possível realizar o exame na Unidade de Saúde da Família Corredor dos Araçás e Liberdade I, II e III, das 14h30 às 17h.

A ampliação do acesso proporciona mais agilidade no diagnóstico das pessoas com sintomas suspeitos. A transmissão ocorre de uma pessoa contaminada a outra, por meio de gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, por contato próximo ou aperto das mãos, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Caso esteja com sintomas compatíveis com a Covid-19, como febre, tosse, dor de garganta e/ou coriza, com ou sem falta de ar, a pessoa deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para realizar o exame. Principalmente se for idoso ou doente crônico.

Vale salientar que o período de sintomas determina qual exame será realizado. Todas as orientações para isolamento domiciliar, cuidados respiratórios, entre outros, serão prestados na própria unidade.

Secom Feira de Santana

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios