Feira de Santana

União descumpre determinação judicial para que SUS pague tratamento de Yasmin

A Justiça Federal havia determinado um prazo de 15 dias, em meados de setembro

A União descumpriu o prazo determinado pela Justiça Federal para fosse feito o deposito no valor de R$ 1.914.535,77 que custearia o restante do tratamento da menina baiana Yasmin Bastos, 11 anos. O prazo venceu na sexta-feira (1º) e deveria ser feito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

A Justiça Federal havia determinado um prazo de 15 dias. À época, meados do mês de setembro, em vídeo divulgado para os apoiadores da vaquinha, Nelson Nunes, pai de Yasmin, comemorou a decisão, mas chegou a ressaltar que era preciso ter cautela, para o caso de a União recorrer. Agora, com a falta de retornos, ele falou da frustração da família.

“Estamos nos sentindo desrespeitados, desmerecidos. Eu tenho o direito à vida da minha filha desmerecido nesse momento”, disse o pai de Yasmin, Nelson Pereira Nunes.

Ele disse ainda que outras medidas devem ser tomadas pela Defensoria Pública da União. Ele disse também que a “causa não é perdida” e que “artifícios jurídicos” já estão sendo utilizados.

Fonte Metro1

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios