Feira de SantanaPolítica

Alvo de CPI, secretário de Saúde de Feira de Santana nega irregularidades

Marcelo Moncorvo Britto afirmou que colegiado vai apurar "fatos passados"

O secretário de Saúde de Feira de Santana, Marcelo Moncorvo Britto, afirmou nesta sexta-feira (8) ao Metro1 que a Comissão Parlamente de Inquérito (CPI) da qual passou a ser alvo investigará “fatos passados”, uma vez que, segundo ele, não há quaisquer irregularidades nas condutas adotadas sob sua gestão.

À frente da pasta desde março deste ano, Britto disse, no entanto, que prestará todos os esclarecimentos necessários, embora não saiba, por ora, o objeto específico da apuração. Segundo a Câmara de Vereadores, o colegiado vai se debruçar sobre despesas e contratos celebrados pela Secretaria Municipal de Saúde.

“Trata-se de uma CPI da Saúde um tanto genérica, sem um fato especifico sobre o qual a gente possa se manifestar. Tem que esperar pra ver o que os vereadores querem saber de fato pra que a gente possa apurar e esclarecer, reunir documentos etc. A CPI vem fazer apuração de fatos passado, mas, ainda assim, vai ter toda colaboração por parte da Secretaria Municipal de Saúde. E, é função, sim, do poder Legislativo fazer a fiscalização”, declarou Britto.

De acordo com o secretário, no dia 20 de outubro ele comparecerá à Câmara para tratar de questões relacionadas à Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana. “Isso já vai acontecer, na outra quarta-feira, quando irei a convite esclarecer alguma coisa a respeito da Santa Casa”, afirmou.

A CPI da Saúde de Feira foi instalada nesta quinta (7) por  11 votos favoráveis, oito contrários e uma abstenção.

Fonte Metro1

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios