BahiaEconomiaNegócios

Produção industrial baiana cai 10,8% em agosto

Na Bahia, dos 11 segmentos analisados, cinco apresentaram queda.

A produção da indústria de transformação baiana registrou queda de 10,8% em agosto deste ano, no acumulado de 12 meses, ocupando a última posição no ranking dos quatorze estados que participam do estudo Produção Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF). De acordo com a nota PIM-PF, elaborada pela Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), na média, a indústria de transformação brasileira apresentou crescimento de 8,4% no mesmo período.

Na Bahia, dos 11 segmentos analisados, cinco apresentaram queda em agosto: veículos automotores (-60,1%), refino de petróleo e biocombustíveis (-22,1%), metalurgia (-5,3%), celulose e papel (-2,2%) e minerais não metálicos (-1,3%).

Em contrapartida, apresentaram crescimento em agosto os segmentos de couro e calçados (26,0%), produtos químicos (16,3%), borracha e plástico (11,7%), bebidas (3,4%), alimentos (0,5%) e equipamentos de informática (0,4%).

De acordo com a nota elaborada pela FIEB, o resultado da produção da indústria de transformação tem sido influenciado pelo encerramento das atividades do complexo Ford Camaçari e pela ocorrência de parada para manutenção e interrupções no segmento de Refino, que provocou redução na produção do setor.

 

Fonte: Federação das Indústrias do Estado da Bahia – Sistema FIEB

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios