MundoSaúde

Populações no mundo mobilizam ações para o dia Dia Mundial sem Tabaco

De acordo com a OMS, o tabagismo mata mais de 8 milhões de pessoas por ano.

Marcando o fim do mês de maio, no dia 31, as ações do Dia Mundial sem Tabaco mobilizam a população para o combate ao tabagismo. A data foi instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1987 e alerta para a doença que é a principal causa de morte evitável no mundo e se caracteriza pela dependência física da nicotina. 

De acordo com a OMS, o tabagismo mata mais de 8 milhões de pessoas por ano. Dessas, mais de 1 milhão são fumantes passivas.

Outro inimigo também requer atenção: os cigarros eletrônicos. Criados inicialmente para ajudar dependentes a pararem de fumar, os cigarros eletrônicos se tornaram tendência principalmente entre os jovens e podem ser uma porta de entrada para o tabagismo.

Embora menos tóxicos, eles ainda contém nicotina e podem aumentar em mais de quatro vezes o risco do uso do cigarro, como destaca o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) em reportagem da Agência Brasil.

Em busca de hábitos saudáveis

Por falar em saúde, uma outra data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) destaca uma alternativa benéfica para a saúde e para o meio ambiente: a bicicleta. O Dia Mundial da Bicicleta é comemorado em 3 de junho e foi instituído em 2018 para incentivar o uso desse meio de transporte.

A data marca ainda os 30 anos da ECO-92, a primeira Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. O encontro sediado no Rio de Janeiro contou com 178 chefes de Governo e foi responsável por desenvolver metas de responsabilidade social e ambiental expressas no documento Agenda 21.

No mundo todo, países têm investido no uso das bikes para melhoria da mobilidade urbana e redução da emissão de gases poluentes. Fortaleza é um exemplo positivo no Brasil, com 386 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas.

No entanto, é em uma cidade no Pará que a bicicleta não é só o melhor, mas o único meio de transporte.

O município de Afuá, na Ilha de Marajó, é conhecido como a Cidade das Bicicletas. Lá, cerca de 40 mil pessoas se deslocam pedalando pela cidade.

Fonte Agência Brasil

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios